Eu gritei!

Para o meu primeiro texto no blog, fui impulsionada a compartilhar com vocês a primeira experiência íntima que tive com Deus. A primeira vez que ouvi Deus falar comigo.

A imagem que eu tinha de Deus era de um ser soberano, criador dos céus e da terra, todo poderoso e, por isso, acreditava que ele era distante demais. Eu sabia que a bíblia era a palavra de Deus e sabia que Jesus tinha morrido pelos meus pecados, mas eu não imaginava que ele poderia se relacionar comigo como um amigo.

Quando eu comecei a conhecer a Deus de verdade, costumeiramente eu ouvia as pessoas dizerem “Deus falou comigo” e eu ficava me perguntando como seria aquilo. Imaginava uma voz de trovão e um clarão se abrindo diante da pessoa, coisas sobrenaturais que com certeza exigiam muita maturidade espiritual. Entretanto, mesmo assim eu comecei a orar e pedir a Deus que ele falasse comigo.

Em um dos meus aniversários, eu fui a uma pizzaria com alguns amigos e quando cheguei em casa peguei minha bíblia e fui orar. Eu disse à Deus que eu estava feliz por poder estar com ele naquele dia. Eu já havia comemorado muitos aniversários distantes do Senhor e estava grata por estar com ele naquele momento. Eu pedi a Deus um presente de aniversário, eu queria que ele falasse comigo e me respondesse algumas perguntas: “Porque eu havia passado tantos aniversários longe ele? Porque tive que passar tanta coisa na minha vida? Porque ele não tinha me chamado antes?” Eu confesso que fiquei quietinha um tempo, esperando o sobrenatural… (rsrsr) mas como não veio, eu simplesmente abri minha bíblia.

O texto era Lucas 18:35-43 (clique aqui para ler). 

Esse texto conta a história de um cego, que ouvindo Jesus passar gritou por ele reconhecendo-o como o messias “Jesus, filho de Davi, tenha compaixão de mim”. Quando Jesus ouviu o cego imediatamente se dispôs a escutar o que o cego precisava e então o curou, para glória de Deus.

Quando eu terminei de ler esse texto eu “senti” uma voz bem forte no meu coração dizendo:

 – Você estava cega, por isso viveu tanto tempo longe!

Eu chorei ali na presença do Senhor e perguntei novamente:

– Mas Deus, porque Jesus não foi me curar como curou esse cego?

Deus disse:

– Ele foi! Quando você gritou e reconheceu a soberania de Jesus ele se achegou a você para escutar o que você precisava. Você pediu ajuda e ele esta te ajudando.  

Naquele momento eu me lembrei de uma oração em que eu disse: “Jesus, eu não sei o que o Senhor tem pra mim, mas eu não consigo viver neste mundo longe de você, só que eu também não sei como sair daqui. Preciso da sua ajuda!”

Eu tinha acabado de ter um diálogo com Deus, bem dentro do meu coração, foi tudo tão forte que posso dizer que aquela voz foi praticamente audível. Tudo muito simples, mas Deus é simples, Jesus é simples e o evangelho é simples. É a nossa mente que complica tudo.

Durante a minha caminhada eu já precisei gritar por Jesus diversas outras vezes. Descobrir que gritar: “Jesus, filho de Davi, tenha compaixão de mim”, é orar e acessar meu lugar secreto com Deus. Todas as vezes que eu “gritei”, ele prontamente começou a trabalhar na minha causa, mesmo que algumas vezes as respostas não fossem imediatas, no mundo espiritual todas as coisas já estavam sendo geradas.

Deus pode falar conosco, no natural ou no sobrenatural. Como ele quiser e da forma que você vai ouvir.

Apenas grite por ele. Ore! Jesus está sempre disponível para te ouvir!

As experiências com Deus são incríveis. Você pode ter momentos inesquecíveis e transformadores na presença do Senhor. Deus quer relacionamento e proximidade. Hoje ele não é apenas um amigo, mas meu melhor amigo, aquele que está sempre presente e com quem eu converso e me aconselho nos momentos que preciso.  Espero poder compartilhar muitas outras coisas com vocês aqui. Até breve! Deixe um comentário…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s