Estudo: Parábola “O grande banquete”

Hoje nós vamos estudar sobre a parábola do grande banquete, que representa um convite de Deus para cada um de nós. Para um entendimento mais claro sugiro uma leitura prévia da parábola em Lucas 14: 16-24 (clique aqui).

Para entendermos bem essa parábola vamos iniciar estudando o significado de alguns elementos:

  • O banquete simboliza o reino de Deus;
  • O Senhor da parábola simboliza à Deus; e
  • O servo representa Jesus Cristo.

Nessa parábola, o Senhor (Deus) mandou seu servo (Jesus) para convidar as pessoas para o banquete (reino de Deus). O convite é para estar no reino e fazer parte dele, assumir seu lugar a mesa.

Naquela época quando alguém iria realizar um banquete o convite era feito duas vezes. Na primeira, o anfitrião fazia uma consulta de quem iria participar e as pessoas confirmavam a presença, então, o banquete era preparado para os que confirmaram a presença. Já o segundo convite era quando o banquete estava pronto e o anfitrião mandava chamar os convidados para assumirem seu lugar na mesa e participarem da festa.

Nessa parábola, após terem aceitado o convite feito, as pessoas começam a dar desculpas.

A primeira pessoa disse que precisava ir ver os campos que havia comprado. Entretanto, os campos não eram comprados sem que antes se conhecesse tudo sobre eles, cada detalhe era sabido antes da compra, as negociações às vezes duravam anos, se ele já havia comprado não teria nada de tão urgente pra verificar que não pudesse esperar pela manhã seguinte.

A segunda pessoa disse que precisava testar os bois. Entretanto, os bois eram testados antes da compra e só eram comprados quando se tinha certeza de que os dois trabalhavam bem juntos, ninguém testava os bois depois da compra.

Já a terceira pessoa, disse que havia se casado e tinha outras coisas mais importantes para fazer do que participar daquele banquete.

Por causa dessas desculpas o jantar seria cancelado e o anfitrião humilhado (era uma humilhação muito grande ninguém comparecer ao seu banquete). Mas então, o Senhor manda chamar os coxos, pobres, aleijados e cegos, ou seja, aqueles que eram excluídos daquela comunidade, aqueles que ninguém espera que pudessem participar do banquete.

O Senhor permanece perfeitamente bem mediante a recusa de seus convidados. A sua atitude é apenas convidar outros para assumir o lugar daqueles convidados que não quiseram ir. Mesmo assim, nem todos aceitam o convite. Então, o Senhor manda chamar os de fora da comunidade e assim, o banquete acontece.

Aqui vamos pensar sobre três pontos na parábola:

  1. As pessoas as quais a parábola se refere já haviam sido convidadas anteriormente e tinham aceitado o convite, mas na hora de efetivamente fazerem parte do Reino eles apresentaram desculpas.
  2. As desculpas foram esfarrapadas e ofensivas. Elas diziam que existem coisas melhores e mais importantes do que o reino. Na época de Jesus as desculpas eram que ele não respeitava o sábado, que ele andava com pecadores, ou seja, que ele não atendia aos “requisitos” que a sociedade espera do messias. O banquete está pronto, Deus está chamando! Quais têm sido as desculpas para negligenciarmos o chamado de Deus para nós? O que tem sido mais importante?
  3. O reino de Deus não para. Deus sempre vai estender o convite até que alguém aceite. Não pense que seu lugar no reino estará a sua disposição por tempo indeterminado, você pode levar um grande susto quando perceber que suas desculpas colocaram outra pessoa para fazer aquilo que você foi chamando.

No encerramento da parábola Jesus fez um convite. Você precisa responder e entrar, não existe participação a distância no reino de Deus. Nenhum daqueles que rejeitar o convite participará do reino. Jesus convida a todos, resta você aceitar o convite, pois nenhum homem pode salvar a si mesmo, mas qualquer homem pode condenar-se a si. Que possamos dizer sim, ao chamado de Deus!

3 comentários em “Estudo: Parábola “O grande banquete”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s