Assuma seu erro

Em Gênesis, no Éden, após Adão e Eva comerem do fruto proibido, Deus cobrou de Adão (apesar de Eva ter comido primeiro) o que havia acontecido.

“Perguntou-lhe Deus: Quem te fez saber que estavas nu? Comeste da árvore de que te ordenei que não comesses? Então, disse o homem: A mulher que me deste por esposa, ela me deu da árvore, e eu comi.”

Reparem que Deus cobrou de Adão, porque a responsabilidade de preservar a orientação de Deus era dele, mas qual foi a resposta de Adão? Foi A MULHER que TU ME DESTE. Em outras palavras, ele insinuou que a culpa foi primeiro da mulher, depois do próprio Deus que deu a mulher para ele.

Uma das primeiras consequências da queda, do pecado ter entrado na humanidade, é o homem se eximir da responsabilidade e culpar outros pelo seu fracasso. Enquanto você não assumir sua culpa, você continuará delegando responsabilidade a outros, ou seja, você não vai ver necessidade de mudança em você mesmo. Deus não transforma vítimas, transforma pecadores arrependidos, mas não existe arrependimento sem autocrítica.

Existiram dois homens na bíblia que tiveram o destino totalmente deferentes por conta da CORAGEM de assumir seus pecados. Um homem apenas havia sacrificado a Deus antes do profeta chegar, pois não queria perder a batalha. O outro homem, cobiçou uma mulher casada, mandou pegarem ela para ele ter relações com ela (que acabou engravidando), planejou um jeito de ludibriar o marido da mulher para fingir que o filho não era dele, vendo que não deu certo (pois o homem tinha caráter e não poderia dormir em casa enquanto seus homens estavam na guerra) ordenou um assassinato triplamente qualificado aproveitando-se da sua posição e mandou matar o marido da mulher.

Sabem que quem estou falando? Saul e Davi. Saul perdeu o reinado, foi se afundando em abismo após abismo e teve uma morte vergonhosa. Davi ficou conhecido como o homem segundo o coração de Deus. Qual a diferença entre eles? Seria Deus um injusto sem conseguir fazer um juízo de valor de forma eficaz? A diferença entre eles é que, ao serem confrontados, um ficou dando desculpas querendo justificar sua atitude, já o outro assumiu sua podridão e buscou o arrependimento.

Pare de culpar o governo, sua família, seu chefe ou as circunstâncias pela sua postura, seu pecado, sua arrogância. Assuma sua responsabilidade, esse é o primeiro passo para a sua transformação. Seja HOMEM! Assuma o que você fez, não tenha medo de se expor, porque se a ferida não for exposta ela jamais será tratada. Enquanto você mantiver seus pecados encobertos ou tentar justificá-los de alguma forma, você nunca viverá a plenitude do relacionamento que Deus quer ter com você.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s