O poder da amizade

Hoje convidei minha amiga Mirela para escrever sobre a importância de nos relacionarmos. Ela me surpreendeu com um texto lindo sobre amizade. Espero que abençoe sua vida tanto quanto abençoou a minha e que por meio desse texto você entenda que o relacionamento é algo espiritual que nos ajuda em nossa caminhada. Seja abençoado durante a leitura.

No que diz respeito a relacionamento, gostaria iniciar  falando sobre amizades que edificam. Na escola, eu tive a graça de ter ótimas amigas, amigas que eram estudiosas e me incentivavam a querer ser como elas também. Essas amigas tinham objetivos, queriam estudar para ter uma profissão e isso me inspirava demais. Também tive (e tenho ainda) amigas muito importantes, que cresceram comigo na igreja, que além de tudo praticam a mesma fé que eu. Tudo isso me acrescentou muito e me deu suporte em todos os momentos da minha vida. Entretanto, houve um tempo em que eu não estava muito aberta a amizade, nem a antigas e nem a novas e, não coincidentemente, foi um tempo em que a minha vida espiritual, pra mim, não era nem “vida”, era apenas uma lembrança do passado.

Hoje percebo que nossa disposição em estar com o próximo está totalmente vinculada ao nosso estado espiritual, não é apenas algo emocional.

Quando estamos em Deus e somos habitação do Espirito Santo, temos o desejo natural de que outras pessoas também conheçam esse amor e alegria de viver com Deus. Não tem a ver com ser tímido ou desprendido, tem a ver com amar e ser amado, demostrar amor, atenção e cuidado. Podemos ser muito úteis às pessoas apenas ouvindo ou sendo respeitosos.

Rm 8: 19 “Por isso, a criação aguarda ansiosamente a manifestação dos filhos de Deus.”

Voltando a minha fase nada amigável… Ela foi acabando quando conheci 4 princesas, que, com certeza, por não me conhecerem, se arriscaram a me conquistar de volta para Jesus. Digo princesas porque era assim mesmo que o grupo se chamava.

Lembro de algumas reuniões e estudos, orações e uma caixa de oração! Elas me deram até um caderninho preto de anotações, no verso da capa o meu nome e a logo do grupo (eu pensava que elas eram tão engraçadas rsrs).

jesus princess
Niver de uma das princesas

Uma mistura das minhas amigas da escola com as da igreja. Que máximo era ouvir as experiências delas. Uma retornava pra Jesus, outra estava na ansiedade do primeiro amor e a outra nem sabia nada do evangelho, ofereceram uma bíblia gigante pra ela e ela comprou sem nem pensar. Que menina exagerada (rsrs)! Era muito bom, elas falavam bastante, não tinha problema eu ficar só ouvindo. Eu ia às vezes e elas me recebiam como se eu fosse de casa, estava tudo ótimo, até elas inventarem de saber da minha vida.

Vou dizer: o que me convenceu a abrir a guarda foi a certeza de que o Espírito Santo estava ali e também algumas semelhanças nas burradas cometidas. Saber que elas estavam vencendo problemas que eu passava e ver verdade nas palavras delas me incentivavam à romper meu estado de acomodação com todas as chateações e tristezas que eu sentia.

Eu via a palavra de Jesus se realizar na vida de cada uma delas. Eu quis aquilo pra mim também! Não foi de um dia para o outro, mas foi a partir do momento em que elas conseguiram fazer com que eu abrisse meus problemas, quando me convenceram, de alguma maneira, a falar, a confessar. O testemunho delas me ajudou.

Salmos 32: 3 “Enquanto eu não confessei o meu pecado, eu me cansava, chorando o dia inteiro”

2 Co 3: 2 “Vocês mesmos são a nossa carta, escrita no nosso coração, para ser conhecida e lida por todos”

Nossa amizade me trouxe de volta! Me colocou de novo no meu estado de comunhão com Deus, me trouxe de novo a condição de salvação.

Esse é o poder do relacionamento, ou eles te aproximam de Deus ou te afastam.

Não tem meio termo. Esse é o resultado da Cruz, Jesus veio e morreu na cruz para que tenhamos livre acesso ao Pai. Esse é o poder do amor, isso é o que a religião não pode fazer, te ligar a Deus. Termos um relacionamento mais íntimo com o Pai nos faz identificar sua voz, identificar questões em nós que precisam ser resolvidas. Os amigos que ele nos dá são ferramentas nas mãos dele. Entretanto, esses amigos também precisam ser edificados, por isso hoje enxergo a importância de ouvir, mas também de deixar que as pessoas vejam o quanto Deus tem feito em mim.

A relação de confiança cresce à medida que praticamos essa via de mão dupla, de amor e cuidado com o próximo. Vejo 1 Pedro 4: 8 como versículo das minhas amigas “Mas, sobretudo, tende ardente amor uns para com os outros; porque o amor cobrirá a, multidão de pecados.” E hoje procuro seguir esse exemplo para ter um bom relacionamento com outras pessoas que talvez estejam precisando apenas de uma amiga.

 

Um comentário em “O poder da amizade

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s