Liso não me define mais

Olá pessoal, o texto hoje é da minha amiga Duda. Ela nos contou um pouquinho sobre como Deus tem tratado na vida dela sobre seu “cabelo”. Parece um tema um pouco polêmico, não é? Mas isso não tem nada a ver com regras ou religiosidade, mas sim com a liberdade que Deus tem para nós e como o Senhor trata a cada um na sua individualidade. Então, boa leitura!

Liso já não é minha finalização favorita!

Não, eu não tenho nada contra tratamentos capilares com química e até onde sei, nunca foi comprovado o quão danoso eles são. No entanto, tudo demais faz mal e sabemos disso!

A pouco mais de um ano comecei a me sentir insatisfeita por alisar os meus cabelos. Nada muito claro, mas dentro de mim eu questionava: “Preciso mesmo de tudo isso?”

Eu atrasava a data de retoque da raiz, mas logo que aparecia a textura volumosa no couro cabeludo, eu me dava por vencida e alisava. Passaram mais alguns meses até que li uma passagem bíblica tão comum e corriqueira que, no entanto, me saltou aos olhos: “Façamos o homem á nossa imagem, conforme a nossa semelhança” Gn1:26 

Não havia nada de errado em alisar meu cabelo, o problema estava em eu não gostar, não ser grata e nem sequer aceitar a forma como Deus me fez, cacheada.

Eu tinha certeza e tenho ainda, que Deus não está nada preocupado se meus fios estão com volume, cheio de ondas ou perfeitamente alinhados e lisos. No entanto, meu Pai está totalmente interessado em como eu me sinto com relação a mim mesma, com a minha autoestima e com o fato de eu só me sentir valorizada e amada ser for impecavelmente lisa.

Aí que o bicho pegou, literalmente! E o bicho era eu.

Mês após mês, meu cabelo crescia, minha autoestima diminuía e eu não conseguia entender por quê.

Eu não me reconhecia no espelho, não me via como uma mulher bonita e tinha muitas crises de choro. Preciso abrir um parêntese aqui, para que você entenda. Alisei meu cabelo com 14 anos, naquele tempo isso era super revolucionário. Depois disso, com muitos altos e baixos eu mantinha uma média de alisamento mensal. Então, não seria exagerado dizer que boa parte das pessoas à minha volta hoje sequer sabem que na verdade eu alisava o cabelo.

Voltando…

Cortei meu cabelão alisado que estava no comprimento até o fim das costas. Precisei comprar vários produtos e me readaptar. Por vezes pensei em desistir e nesses momentos Deus falava comigo, e ainda fala, sobre Terá, pai de Abrão (Gn 11:27-32).

A Bíblia relata que Terá tomou toda sua família, saiu da sua terra rumo a Canaã, porém parou em Harã, ou seja, ele desistiu antes de chegar no seu destino. Ao ler sobre isso, o Espírito me dava forças para continuar, eu não ia desistir no caminho!

Talvez você esteja lendo até aqui e ache um  pouco exagerado “Tudo isso, por causa de um cabelo?”

Todavia, nesse processo, fui na verdade me descobrindo, percebendo que sou muito além do meu cabelo, aprendendo em Deus e com Deus que não importa o que eu faça, desde que em primeiro lugar, eu seja nEle.

Aprendi que tenho total liberdade para usar meu cabelo como bem entender, desde que isso não me escravize.  Muitas vezes deixei de sair por não estar com meu cabelo impecável e, na adolescência, chorei muitas vezes por não ser bonita ou bem resolvida como as minhas amigas.

“Todas as coisas me são lícitas; mas eu não me deixarei dominar por nenhuma delas.” 1Co6:12

Por hoje?

Ainda estou em transição!  Eu não sou uma cacheada cheia das regras, acredito que posso voltar a usar algum tipo de química se quiser, apesar de ter sido muito atacada por isso no outro extremo.

Sou hoje alguém em transição, de passagem pelo processo de identidade e enraizamento de quem eu sou, de quem Deus diz que eu sou. Não importando meu cabelo ou o que faço com ele, sou filha amada e aos olhos do Pai (e do meu esposo, que sempre me apoiou) uma obra prima.

Então talvez “amanhã” eu alise, pinte de rosa ou não faça nada. Porém seja o que for, eu sei que será pelos motivos certos. Porque sou livre em Deus para cuidar do meu corpo por amor à Ele.

Texto de Magna Eduarda.

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s