Estudo: Escudo da Fé

Efésios 6.16: “Além disso, usem o escudo da fé, com o qual vocês poderão apagar todas as setas inflamadas do Maligno.”

Hoje falaremos sobre o escudo da fé. A palavra usada por Paulo para descrevê-lo é thueros, um escudo enorme, que cobria todo o soldado romano. Assim, podemos ter fé suficiente para garantir que estejamos completamente cobertos.

O escudo do soldado romano era feito de seis camadas de couro sobrepostas, ou seja, era muito forte, durável e resistente. De igual modo, a fé que Deus nos concede também pode ser muito forte, durável e resistente.

Entretanto, com o tempo, essas seis camadas de couro poderiam ficar tão duras que acabariam se quebrando. Por isso, era necessário cuidar do escudo. Os soldados tinham um horário determinado para isso e todos os dias pela manhã passava óleo sobre seu escudo com a finalidade de torná-lo macio, flexível e suave. Para o soldado romano, negligenciar esse cuidado era o equivalente a deixar que a morte o atingisse.

O escudo representa nossa fé e assim como o soldado romano, também devemos cuidar dela. É preciso passar óleo diariamente em nossa fé, ou seja, receber uma unção diária do Espírito Santo (o óleo).  Sem esse toque do Espírito sua fé se tornará dura, rígida e quebradiça.

Depois de passar o óleo no escudo o soldado o mergulhava em um balde de água até que ele ficasse totalmente encharcado. Eles faziam isso porque as flechas que o inimigo usava eram de fogo. Então, quando as flechas batiam no escudo, encharcado de água, elas se apagavam. Na bíblia, a água representa a Palavra de Deus. Nossos escudos encharcados na palavra têm poder para apagar os dardos inflamados do inimigo.

Devemos lembrar que na armadura do soldado romano, o escudo ficava ligado ao cinturão. O cinturão da verdade representa a Palavra de Deus. Portanto, a fé está ligada a Palavra.

A fé é a Palavra de Deus que desce para o nosso coração.

Então, o escudo do soldado romano recebia aplicações diárias de óleo e água. Se você vive diariamente na presença de Deus a unção do Espírito Santo vem sobre sua fé. Às vezes o motivo pelo qual as setas incendiárias atravessam o seu escudo da fé é porque você não faz o que é necessário para manter sua fé macia, flexível e durável. No entanto, se você der à Palavra de Deus um lugar de prioridade em sua vida, seu escudo da fé ficará tão saturado com a água da palavra, que apagará os dardos inflamados do inimigo.

Além disso, quando os soldados romanos iam entrar em combate eles ficavam em fila, encaixando um escudo sobre o outro e assim, formavam uma enorme muralha. Por isso, a unidade é tão importante! Precisamos encostar nossos escudos nos escudos de pessoas que possam ajudar a nos proteger contra as flechas do inimigo.

Concluindo, a unção é o resultado da mão de Deus transferindo pessoalmente a forte presença do Espírito Santo para alguém. Portanto, se você precisa de uma unção fresca, se coloque perante aquele que unge. Abra seu coração ao Espírito de Deus e permita que ele derrame vinho novo sobre você. Ao fazer isso uma nova unção virá! Isso é garantido!

Um comentário em “Estudo: Escudo da Fé

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s