2017 eu aprendi

Semana passada eu escrevi um texto contando como havia sido o ano de 2017 e disse que continuaria o post falando sobre algumas coisas que eu aprendi com Deus durante esse ano. É sobre isso que vou escrever aqui hoje. Vou falar especificamente sobre 3 coisas: silêncio, trabalho e perdão.

Como eu disse, em 2017 nós nos mudamos de Resende- RJ para Foz do Iguaçu – PR. Chegando na cidade nova passei por várias adaptações, entre elas a “silêncio”. Meu marido é oficial do exército e o trabalho dele exige que ele passe algum tempo fora de casa. Eu já sabia disso e convivia com isso em Resende, a diferença é que lá eu tinha muitos amigos, trabalho, igreja e família por perto. Agora, quando ele estava em operação eu tinha apenas o silêncio da casa. Eu já contei aqui que no período em que eu morava sozinha eu descobri que o silêncio era ótimo para ouvir a voz de Deus. Por isso, nesse ano Jesus se tornou um grande companheiro. Eu me senti amada e cuidada por ele. Foram coisas ditas ao meu coração que vieram como consolo certo a cada momento e para cada sentimento que eu tive. Acho que nunca me senti tão próxima de Deus. A cruz se tornou um lugar de refúgio e a palavra uma fonte de inspiração e sabedoria.

Com relação ao meu trabalho, já algum tempo eu estava brigada com minha profissão. Eu me via, dia após dia, sentada atrás de uma mesa na fábrica em que trabalhava (eu sou engenheira de produção) perdendo tempo. Eu enxergava minha profissão como algo muito distante dos propósitos de Deus para minha vida.

Eu também estava finalizando o mestrado e me questionava como eu aplicaria tanto conhecimento adquirido ao longo dos 3 anos e meio de estudo no reino de Deus. No primeiro semestre, minha tese e artigos tomavam grande parte do meu tempo, mas início do segundo semestre quando finalizei o mestrado a fala de oportunidades na minha área na região começou a deixar bem chateada. Eu me questionava porque Deus havia me levado a um lugar sem oportunidades de emprego.

Isso, acrescido a crise anterior, me fez chegar à conclusão de que o Senhor me queria longe da engenharia. Foi quando comecei a orar por oportunidades e pedir a Deus pra me mostrar algum projeto, foi quando sonhei com o “Sal e Luz”. Decidi iniciar o blog e fazer um curso de Teologia.

Eu estava bem feliz com isso tudo, mas ai surgiu uma oportunidade de um emprego. Não era um emprego muito bom, mas foi a única oportunidade na minha área que havia parecido. Entretanto, Deus me instruiu a não aceitar. Eu recusei e me dediquei as coisas que Deus estava me dando.

Para minha surpresa, um tempinho depois, Deus me levou a estudar a vida de Paulo e eu entendi que meus conhecimentos em algum momento serão úteis. Deus não permitiu que eu aprendesse tanta coisa em vão. Agora, só estou esperando a oportunidade que o Senhor me dará para usar a engenharia em prol do reino. Fiz as pazes com a minha profissão.

Em relação ao perdão eu descobri como é difícil perdoar. Eu ficava me perguntando como Deus conseguia jogar todo pecado confessado com arrependimento no mar do esquecimento. Eu aprendi que quando somos regenerados em Cristo, nosso espírito assume o comando da alma e, sendo assim, podemos dar ordens aos meus sentimentos e pensamentos, subjugando-os a vontade do meu espírito, que nesse caso, era perdoar. Em Tiago, lemos que devemos resistir ao inimigo até ele fugir de nós. Quando dominamos nossa mente estamos resistindo ao inimigo e com o tempo ele vai fugir. Se vamos esquecer, não sei, mas já não será mais constante e com o tempo a tendência e ir parando de doer. Até que não haverá mais motivo para o inimigo atacar sua mente nessa área.

Eu ainda estou aprendendo sobre essas coisas, tenho refletido se também não tenho dificuldade em pedir perdão, talvez isso entre em algum post de 2018, juntamente com um texto sobre cura, outra coisa que Deus tem tratado comigo.

Quero terminar esse post te fazendo um convite a refletir sobre o que Deus tratou em sua vida esse ano. Veja o quanto você cresceu e amadureceu espiritualmente.

Gostou? Compartilhe com os amigos! Até mais!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s