Perguntas e respostas sobre “Jejum”

Para mantermos nosso relacionamento com Deus pelo menos 3 coisas são fundamentais: orar, ler a bíblia e jejuar. Quando oramos e lemos a bíblia estamos conversando com Deus, falando e ouvindo dele orientações para nossa vida. Mas, e quando jejuamos? Jejum significa “abster de alimentos por um tempo” e qual a importância disso no nosso relacionamento com Deus? Para entender melhor sobre o jejum preparamos hoje 3 perguntas e respostas sobre o tema.

Jejum

  1. Qual a diferença entre jejum e propósito?

No jejum você se abstém de alimentos. Já no propósito você pode abster-se de qualquer coisa. Geralmente, quando fazemos um propósito abrimos mão de algo que gostamos. É comum as pessoas fazerem propósitos quando estão precisando de alguma coisa, mas Deus não nos abençoa na medida do que prometemos a Ele. As bênçãos de Deus estão relacionadas com a nossa fé e não com as nossas promessas. Mesmo assim, os propósitos devem ser levados a sério e cumpridos até o final (Eclesiastes 5.5Mateus 5.37). Portanto, tome cuidado com aquilo que você promete à Deus, não faça nada na emoção esperando apenas receber aquilo que você deseja.

  1. Por que devemos jejuar?

O principal motivo do jejum é mortificar a carne e buscar à Deus (Joel 2:12). Na bíblia vemos pessoas jejuando por muitas coisas. Entretanto, vencemos todas elas por estarmos mais próximos de Deus. Por exemplo, quando jejuamos podemos obter respostas para nossas orações, pois estamos mais próximos de Deus e, assim, estamos mais sensíveis para ouvi-lo. Lembrando apenas que o jejum não deve ser feito para ganharmos algo de Deus, às vezes, a resposta que ouviremos durante o jejum é “NÃO”. Então, devemos ter disposição para obedecer. Segue abaixo alguns exemplos bíblicos do jejum.

  • Davi jejuou pela vida de seu filho (2 Samuel 12:16);
  • Josafá jejuou como clamor pela sua nação (2 Crônicas 20.3);
  • Daniel jejuou para obter resposta à sua oração (Daniel 9.3);
  • Ester jejuou para falar com o rei (Ester 4.16)
  • Neemias jejuou por arrependimento de pecados (Neemias 9.1)
  • Jesus jejuou para vencer tentações (Mateus 4.2)
  • Jesus orientou jejum para expulsar demônios (Mateus 17.21)
  • Paulo e Barnabé jejuaram para escolherem os líderes da igreja (Atos 14:23).
  1. Como jejuar?

Uma orientação bíblica sobre como Jejuar está em Mateus 6:16-18. Quando você está de jejum não precisa contar para ninguém (não que não possa, mas não precisa). É o mundo espiritual que vai ver o seu jejum. Faça tudo normalmente, trabalhe e estude, não demonstre fraqueza querendo se aparecer. Defina um período para o seu jejum (Ester 4.6) e permaneça em oração e leitura da palavra, uma vez que o jejum trás mais discernimento e te faz mais sensível a voz de Deus essas práticas são fundamentais.

O jejum é uma necessidade do cristão nós precisamos jejuar para estar mais próximos de Deus. Quando jejuamos mostramos nossa dependência do Senhor. Deixando de nos alimentar estamos dizendo para nossa carne que não é ela que “manda” em nós, mas nosso espírito. O jejum move o sobrenatural em nossa volta e por isso, nos ajuda e ter mais intimidade com Deus. Se você não está habituado ao jejum, comece aos poucos, corte uma refeição por dia e depois vá aumentando. O Pai que nos vê nos secreto vai nos recompensar. Estaremos mais perto dele e, consequentemente, conseguiremos vencer o mundo e fazer diferença no mundo.

Para saber mais, assista o vídeo abaixo. Gostou? Deixe um like e compartilhe com os amigos.

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s