Estudo: Armamento pesado x Adversários perigosos

Hoje iremos iniciar uma série de estudos sobre batalha espiritual. A referência para nossos estudos está em Efésios 6: 11-18 (clique aqui para ler). O objetivo é que o conhecimento gerado aqui seja posto em prática e que assim possamos vencer as forças malignas que tentam atuar em nossa vida.

Quero deixar a indicação do livro “Armado para guerra: uma abordagem bíblica da guerra espiritual e da armadura de Deus” de Rick Renner, o qual eu usei como referência para elaborar esses estudos.

Inicialmente vamos nos ater ao versículo 11: “Vistam toda a armadura de Deus, para poderem ficar firmes contra as ciladas do diabo”. Para facilitar o estudo vou dividir este versículo em duas partes: parte 1 (vistam toda a armadura de Deus) e parte 2 (para poderem ficar firmes contra as ciladas do diabo). Analisaremos cada uma delas separadamente.

  • Parte 1: Vistam toda a armadura de Deus

Paulo diz “vistam toda a armadura de Deus”. A palavra “vestir” é no original enduo, a mesma utilizada para retratar simbolicamente o “revestimento” do novo homem. Paulo estava nos aconselhando a nos “revestir” do fruto da nossa nova vida em Cristo.  A armadura era a roupa que deveríamos usar a partir do momento em que “nascemos de novo”. Uma nova roupa, para um novo homem.

Se nós aceitarmos o conselho de Paulo, e decidirmos que vamos vestir toda a armadura de Deus, então precisamos aprender como colocar esta “nova roupagem”. Esse é o motivo pelo qual realizaremos esses estudos.

Paulo nos aconselha a vestir “toda a armadura” de Deus. O termo armadura usado por Paulo vem do original panóplia, que se refere a um soldado romano vestido com todos seus armamentos, da cabeça aos pés.

A armadura do soldado romano era composta de 7 partes: cinturão, couraça, sandálias, escudo, capacete, espada e lança.

Unpainted-Kit-1-28-80mm-Ancient-font-b-Roman-b-font-font-b-Centurion-b-font

O cinturão era a peça central da armadura, ele unia todas as outras. Sem ele, as outras peças da armadura cairiam.

A couraça era composta por pecinhas de metal (como escamas) que tornavam a superfície parecida com escamas de peixe. A couraça começava nos ombros e se estendia até os joelhos, na parte da frente e de trás do soldado.  Da cintura até o joelho ela se assemelhava a uma saia.

As sandálias pareciam botas feitas de aço. Elas começavam bem acima do joelho, desciam até a panturrilha da perna e cobriam o peito do pé. Embaixo das sandálias eram afixados vários espinhos.

O escudo era longo e retangular, feito de inúmeras camadas de pele de animal emolduradas por uma peça de metal.

O capacete cobria toda a cabeça do soldado e protegia de golpes letais.

A espada era projetada para golpear e matar o inimigo.

A lança era modelada para atingir o inimigo à distância (não se fala muito sobre a presença de uma lança na armadura de Deus, mas, como Paulo usou um termo que se refere a toda a armadura essa arma também deveria estar presente, por isso, vamos estudar a lança com mais detalhes futuramente).

Essas eram as armas que Paulo estava em mente quando escreveu Efésios 6. Por isso, nós precisamos entender como eram essas armas, veremos que a aparência, a utilidade e a manutenção das armas romanas são muito semelhares as armas espirituais de Deus.

Como essa armadura espiritual é de Deus,  Ele é a fonte e a origem de todas essas armas espirituais. A armadura vem Dele, por isso, o relacionamento com Deus é essencial para a vestirmos.

A armadura de Deus é nossa em virtude do nosso relacionamento com o Senhor.

Tudo que você precisa para combater seu adversário estará a sua disposição. Porém não adianta tomarmos posse apenas do capacete da salvação, pois Deus nos deu mais que isso. A orientação de Paulo é para nos revestirmos de toda a armadura de Deus. Sendo assim, devemos conhecer e tomar posse do conjunto completo. Por isso, estudaremos cada componente dessa armadura.

  • Parte 2: para poderem ficar firmes contra as ciladas do diabo

O objetivo da armadura é ficarmos firmes, no sentido de ficar de pé, orgulhosos. A armadura nos coloca numa posição vencedora, fazendo com que possamos andar com ousadia contra as ciladas do diabo.

A palavra “contra”, do original pros, se refere a um encontro face a face. Ficamos firmes face a face às ciladas do diabo.

Cilada vem do original methodos, cuja tradução literal seria “com uma estrada”. Se reescrevêssemos o versículo que estamos estudando ele poderia ficar assim “Vistam toda a armadura de Deus para ficarem de pé face a face com uma estrada do diabo”. Isso significa que o inimigo age em uma estrada, em um único caminho.

Em 2 Coríntios 2:11 Paulo diz “a fim de que Satanás não tivesse vantagem sobre nós; pois não ignoramos as suas intenções”. A palavra intenções ou designos (em outras traduções) refere-se a um jogo mental. O diabo pretende encher sua mente com emoções, sentimentos e ilusões que nos aprisione e nos destrua. Essa é a estrada que Satanás pega, uma estrada que tem como direção a sua mente.

Portanto, precisamos falar com as nossas emoções e sentimentos, dizendo exatamente aquilo que eles devem crer. Você deve falar a si mesmo as verdades que a Palavra de Deus dizem a respeito daquilo que você está pensando. Por exemplo: o diabo joga em sua mente que ninguém gosta de você e você começa a dizer a si mesmo o quanto Deus te ama; satanás joga em sua mente que aquele seu parente não merece perdão e você começa a dizer que você perdoa assim como Cristo te perdoou; o inimigo fala que você está sujo pelo seu passado e você começa a declarar que em Cristo todas as coisas são novas…

A cilada de satanás é um caminho que ataca a sua mente, pois quem controla a mente de uma pessoa também controla a saúde e as emoções. Quando Satanás tem êxito em construir essa estrada e entra na mente de uma pessoa, essa pessoa fica presa em um cativeiro.

 A pessoa em cativeiro tem duas opções. A primeira é renovar a mente com a Palavra de Deus, se rendendo ao espírito santo. A segunda é se entregar a esses pensamentos enganosos e, assim, em questão de tempo, uma sólida fortaleza de engano começará a dominar e manipular o estado emocional e o pensamento geral dessa pessoa.

O engano ocorre quando uma pessoa acredita nas mentiras que o inimigo diz. Não dê crédito às insinuações mentirosas de Satanás! Quando você encara as mentiras dele como verdades, você dá poder a ele. Se você não assumir o controle de sua mente e declarar as verdades da palavra de Deus, o engano continuará operando em sua vida.

Resumindo:

  • Cilada: o diabo opera em uma estrada, com uma via de ataque;
  • Designos: a estrada em que o diabo opera é a sua mente, onde vai bombardear mentiras para tentar controlar seus pensamentos e emoções;
  • Engano: quando você crê nas mentiras contadas por Satanás.

No fim Paulo diz que as ciladas são do diabo.

O nome Diabo vem de diabolos, que significa atingir uma coisa repetidamente. Assim, “diabo” não é apenas o nome do nosso inimigo, mas também denota seu modo de operação. O Diabo é alguém que ataca repetidamente, até que finalmente ele quebra a resistência mental de uma pessoa, quando isso acontece, ele ataca com fúria e torna esta pessoa cativa.

Nossa luta é contra o Diabo! No versículo seguinte Paulo deixar isso bem claro (Efésios 6:12 (clique aqui para ler)).  O Diabo organiza seu exército para tentar impedir que os propósitos de Deus se cumpram.

A armadura é o que nos manterá firmes.

A história de Davi e Golias é um bom exemplo para entendermos como o inimigo age. Por isso, fiz um outro estudo: Davi e Golias, um exemplo de batalha espiritual, caso queira ler, clique aqui. Nos próximos estudos iremos analisar cada peça da armadura. Não deixe de ler!

Gostou? Comente e clique no ícone do face ali em baixo para compartilhar com os amigo. Até logo!

9 comentários em “Estudo: Armamento pesado x Adversários perigosos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s