Estudo: A espada do Espírito

Efésios 6:17: “Usem o capacete da salvação e a espada do Espírito, que é a palavra de Deus”

Continuando nossos estudos sobre a Armadura de Deus, hoje falaremos sobre a espada do Espírito.

O termo original utilizado por Paulo para falar sobre a “espada” é machaira. Uma espada de aproximadamente 48 cm de comprimento e com a ponta virada para cima. Quando o soldado romana enfiava essa espada no estômago do oponente e a puxava, todas as suas entranhas esguichavam para fora. Essa espada era uma arma de mutilação. De igual modo, a espada do espírito também serve para mutilarmos o inimigo.

Esse mesmo termo também é utilizado por Paulo em Hebreus 4:12Pois a palavra de Deus é viva e eficaz, e mais afiada que qualquer espada de dois gumes; ela penetra ao ponto de dividir alma e espírito, juntas e medulas, e julga os pensamentos e intenções do coração. 

Mas porque Paulo diz que essa espada tem dois gumes?

Uma espada de dois gumes é uma espada afiada dos dois lados. O termo dois gumes vem do original distomos. Di significa dois e stomos significa bocas. Então, a tradução seria espada de duas bocas.

Paulo diz, em Efésios 6, que a espada do espírito é palavra de Deus, do original rhema, que diz respeito a uma palavra que Deus dá especificamente para você. É uma palavra avivada de Deus para sua vida, quando o Espírito Santo faz com que uma palavra divina tome forma clara na sua vida (leia mais sobre isso aqui).

Sendo assim, um dos gumes dessa espada vem da boca de Deus. O outro gume só pode vir da sua própria boca.

Ao receber uma palavra de Deus precisamos orar e meditar nessa palavra. Uma rhema, segundo Hebreus 4:12, penetra a ponto de dividir a alma do espírito, ou seja, uma palavra revelada do Senhor permite discernir sobre os seus pensamentos, atitudes, desejos e motivos mais íntimos.  Ela faz o que nenhum cônjuge, amigo, pastor, psicólogo ou psiquiatra jamais poderia fazer, discernir corretamente os pensamentos e intenção do coração. Logo, essa palavra deve nos transformar interiormente.

Um razão pelo qual as pessoas não experimentam resultados quando confessam a Palavra de Deus é porque elas falam sem que a palavra tenha feito uma obra pessoal em suas vidas.

Então, ao receber uma rhema (palavra revelada de Deus), temos que permitir que ela crie raízes em nosso coração e que libere um seu poder transformador. A partir daí, você tem poder para confessar essa palavra. Você afiará o outro lado da sua espada. Esse tipo de confissão permitirá que você enterre uma espada de dois gumes no seu adversário.

Recuse-se a permitir que o diabo continue derrotando você com mentiras e acusações. em vez disso, permita que o Espírito Santo empunhe uma poderosa palavra rhema (com um lâmina poderosa de dois gumes), por meio de palavras cheias de fé, confessadas pela sua boca.

Portanto, usar a espada do Espírito é confessar com a sua boca uma palavra que Deus deu diretamente a você e que de alguma forma gerou transformação ou renovação em sua mente.

 Gostou? Não deixe de compartilhar com os amigos!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s